Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.caminhosdocuidado.org/handle/handle/704
Title: Depression in chronic migraine: severity and clinical features
Other Titles: Depressão em migrânea crônica: aspectos clínicos e gravidade
Authors: Mercante, Juliane Prieto Peres
Peres, Mario Fernando Prieto
Guendler, Vera
Zukerman, Eliova
Bernik, Marcio Antonini
Issue Date: 2005
Citation: MERCANTE, J. P. P. et al. Depression in chronic migraine: severity and clinical features. Arquivos de Neuro-Psiquiatria. v.63, n.2a, p.217-220, 2005.
Abstract: INTRODUÇÃO: A migrânea crônica (MC) é uma doença comum, que afeta 2,4% da população geral. A depressão é uma das comorbidades mais frequentes em enxaqueca. MÉTODO: Setenta pacientes diagnosticados com migrânea crônica foram estudados. Todos os pacientes preencheram o Inventário de Depressão Beck.(BDI). A gravidade da depressão foi dividida em nenhuma ou leve, mínima, moderada, e grave. RESULTADOS: O BDI variou de 4 a 55, média 21 ± 10,7. A depressão moderada ou grave esteve presente em 58,7% dos pacientes. Algum grau de depressão foi observado em 85,8% dos pacientes. Os escores de depressão correlacionaram-se com a intensidade da dor. A depressão grave foi mais freqüente em paciente com comorbidade com fibromialgia e fadiga. CONCLUSÃO: O BDI é um instrumento de fácil avaliação da depressão em MC. A identificação do risco de suicídio é necessária nestes pacientes. Fibromialgia e fadiga são fatores de risco para depressão grave.
Description: Disponível originalmente em: http://www.scielo.br/pdf/anp/v63n2a/a05v632a.pdf
URI: http://repositorio.caminhosdocuidado.org/handle/handle/704
ISSN: 0004-282x
Appears in Collections:Suicídio - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
an.S0004-282X2005000200005.pdf68.74 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.